DADOS

O Brasil tinha 679.687 pessoas privadas de liberdade em junho de 2021, de acordo com o Infopen – Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias. É a terceira maior população carcerária do mundo

 

O número de pessoas egressas existentes no país é desconhecido, mas, no primeiro semestre de 2021, foram registrados 185.689 alvarás de soltura.

Qual o perfil da população carcerária e, portanto, da população egressa?

Por quais motivos essas pessoas foram presas?

Quais condições encontram na prisão?

1043

mortes no primeiro
semestre de 2021

Quais serviços encontram quando
saem das prisões?

Apenas 14 estados informam ter serviços do executivo estadual voltados para pessoas egressas.* 

 

* Dados levantados via Lei de Acesso à Informação por meio de questionários enviados pelo Instituto Igarapé a cada uma das UFs brasileiras no primeiro semestre de 2020. Dezessete estados (AP, CE, ES, GO, MA, MT, MS, MG, PE, PB, PR, RJ, RS, SC, SP, SE e TO) e o Distrito Federal responderam e cinco não responderam (AC, BA, PA, PI e RR). AL, AM, RN e RO responderam de maneira incompleta. 

Os Escritórios Sociais**

 estão presentes em 

22 estados, com um total

de 26 unidades.

 

**Os Escritórios Sociais são equipamentos públicos projetados pelo Conselho Nacional de Justiça e tem gestão compartilhada entre o Poder Judiciário e o Executivo. Seu objetivo é atender, acolher e encaminhar pessoas egressas e seus familiares para políticas públicas existentes, auxiliar os estabelecimentos prisionais no processo de preparação das pessoas pré-egressas para a liberdade e mobilizar e articular as redes de políticas públicas e sociais para a garantia de direitos. 

 

Contatos e endereço dos Escritórios Sociais em Março de 2022

O que não sabemos,
mas gostaríamos
de saber, por falta de
dados públicos

Quantas pessoas saem das prisões todos os anos?

Qual a taxa exata dos diferentes tipos de reincidência no Brasil?

Quantas pessoas são atendidas pelos equipamentos voltados para pessoas egressas?

Qual o impacto dos encaminhamentos feitos por esses serviços na mudança de trajetórias?